Quando ouvimos a palavra tendência dentro do universo fashion, já sabemos que vem coisa nova por aí, aliás, ultimamente algumas delas mostraram que vieram para ficar, como é o caso do sapato modelo Oxford, veludo molhado, militarismo, chokers e muito, MUUUUUITO METALIZADO.
Mas para aproveitamos da melhor maneira cada uma delas e continuar usando uma peça mesmo depois da modinha passar, alguns cuidados na hora da compra são fundamentais.
Sabe aquela impressão que temos quando nos deparamos com todas (todas mesmo) as vitrines das principais marcas e lojas iguais? Parece que estamos em uma linha de produção em massa (e verdadeiramente estamos) onde todas as pessoas se vestem da mesma forma como se fossem uniformes.
Senhoras e senhores, essa é a indústria produzindo em larga escala e seu principal objetivo é que você compre o máximo de produtos e que eles percam a utilidade no menor tempo possível, assim você continuará consumindo.
Não sei você, mas eu gosto muito de estar por dentro de tudo que é considerado tendência, também gosto de usá-las em detalhes no meu look, sem parecer que a cada esquina que eu virar vai ter alguém vestido idêntico a mim. Aí ta o “pulo do gato” quando o assunto é estilo.
Não é porque certa peça “saiu de moda” que você não pode usá-la, você apenas precisa ter cuidado na hora de comprar um produto ou acessório para que ele seja “usável” com a maior quantidade de peças possíveis do seu armário.
Sim! É possível estar na moda, ser estiloso sem parecer que saiu de uma linha de produção.
O clássico e atemporal sapato Oxford
Não é de hoje que esse modelo de calçado está nas cabeças femininas, o que inicialmente era direcionado aos homens ganhou o gosto das mulheres e resiste até os tempos de hoje.
Ele surgiu no Reino Unido, no começo conhecido como “Balmoras” graças a rainha do Castelo Balmoral, na Escócia.
Algum tempo depois ficou muito popular entre alunos da Universidade de Oxford, sendo oficialmente batizado como “Oxford”. Na França é conhecido como Richelieu e nos Estados Unidos como Bal-type.
Existem inúmeras variações no mercado, porém, os que estão fazendo a cabeça da mulherada ultimamente são os metalizados e com saltos tratorados.

Mas se você, assim como eu, é mais discreto no estilo e prefere tons mais neutros e clássicos, aí vão algumas dicas de como seguir a tendência, mas do seu jeitinho!

Mesmo que seja um sapato originalmente criado para os homens, na composição do look feminino, o modelo fica incrível com vestidinho, saia, shortinho e calça skinny.
Taylor Swifit apostou em um look toda garouta com um modelo mais neutro e discreto:

Fabiana Justus, também apostou em uma composição super clean e moderna.
Este look define o termo “detalhes fazem toda a diferença” foco no nózinho da blusa e os rasgos nos joelhos da calça:

 Existe uma infinidade de opções e variações do modelo, que vai da classiquêra até a rebeldia estilosa! Neste caso o modelo com solado mais pesado deixou o look dark e conceitual:

 De uma coisa sabemos, neste inverno você pode e deve deixar sua bota alguns dias no armário e sair por aí muito linda, quentinha e com seu oxford.
Calças estilo alfaiataria são uma excelente opção:

 Para fechar com chave de outro, sabe aquele modelinho mais clássico de todos? O branco e preto? Olha como fica lindo para o look de trabalho. Já amou? <3

Para encontrar seu modelo favorito a Zattini é uma das principais lojas, é só acessar o site www.zattini.com.br e buscar por oxford, vai aparecer um universo deles com preços para todos os bolsos!
Ahhh! Lá no nosso Pinterest tá cheio de tendências e ideias de looks, bora?
Beijos de luz!

Fashion

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *